CECCO Santo Amaro convida: EXPOSIÇÃO SUTILEZAS DO OLHAR

17/05/2010

CONVITE

EXPOSIÇÃO: SUTILEZAS DO OLHAR

exposição em comemoração a “Dia de Luta Antimanicomial

terça-feira, 18 de maio de 2010, às 14h

Cecco Santo Amaro – Av. Padre José Maria, 555 (no Clube da Cidade Joerg Bruder – so lado do Terminal Santo Amaro)


Programação Cultural da II Feira de Saúde Mental e Economia Solidária

15/11/2009

II FeiraA II Feira de Saúde Mental e Economia Solidária ocorrerá no dia 06 de dezembro (domingo), das 9h as 17hs, na Praça da Lagoa no Centro Histórico de Embu das Artes, Av. Elias Yasbek s/n.

A II Feira é organizada por 30 projetos de trabalho e empreendimentos, protagonizados por trabalhadores e trabalhadoras, que são usuários de saúde mental. Combinado com o processo de comercialização justa e solidária a II Feira irá promover a diversidade com manifestações culturais, do campo popular e da saúde mental, afirmando a potencialidade criativa e produtiva do processo atual da Reforma Psiquiátrica brasileira.

Passe seu domingo em Embu das Artes e participe de nossa II Feira. Contribua com a construção dessa Outra Economia, baseada na diversidade e na solidariedade.

Programação Cultural:

•Ala Loucos pela X

• Dança Cigana e Grupo de Música – CECCO Bacuri

Ganhadores do Festival de Calouro – Arte pela Diversidade

Jongo Embu das Artes

• Banda Municipal de Embu das Artes

• Folia de Reis Jd Marajoara

• Grupo Leviatã

– Veja as Fotos da I Feira de Saúde Mental e ECOSOL


Carta de Olinda reivindica a realização da IV Conferência Nacional de Saúde Mental, em 2010

08/11/2009

O participantes do IX Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, realizado pela Abrasco de 30 de outubro a 4 de novembro, em Recife, PE, lançaram, ao final do evento, um documento, a Carta de Olinda, em que reivindicam a realização da IV Conferência Nacional de Saúde Mental.

CARTA DE OLINDA

Nós, defensores do Sistema Único de Saúde – SUS, reunidos no IX Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva – ABRASCO, após discussões com usuários, militantes de movimentos sociais, trabalhadores, gestores e acadêmicos, reinvindicamos a realização da IV Conferencia Nacional de Saúde Mental (CNSM) nos pautando em vários eventos e documentos:

A III e última CNSM foi realizada em 2001 o que representa um longo período de 8 anos sem a realização de uma Conferência;

Na plenária da ABRASCO durante o VIII Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva realizado no Rio de Janeiro em 2006, foi aprovada moção de reinvindicação à realização da IV CNSM;

Em 2008 a XIII Conferencia Nacional de Saúde aprovou a indicação da realização da IV Conferencia Nacional de Saúde Mental; em 30 de setembro de 2009 foi realizada a Marcha dos Usuários pela Reforma Psiquiátrica Antimanicomial, em que 2.500 usuários de serviços de saúde mental foram reinvindicaram a realização da IV CNSM e foram atendidos pelo chefe da Casa Civil e pela ministra interina da Saúde, tendo recebido o comprometimento com a realização da IV CNSM;

Em 21 e 22 de outubro de 2009 aconteceu a reunião ampliada da Comissão Intersetorial de Saúde Mental do Conselho Nacional de Saúde em que estavam representados os Estados Brasileiros por seus conselheiros estaduais e nela foi reafirmada a necessidade da realização da IV CNSM e nesta mesma reunião o ministro Paulo Vanucchi afirmou a parceria da Secretaria Especial de Direitos Humanos na realização da IV CNSM;

Reafirmamos e exigimos o cumprimento do compromisso assumido pelo Governo Federal pela realização da IV CONFERÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE MENTAL. A realização da IV Conferência foi uma das principais reivindicações feita pelos 2.500 usuários durante a “Marcha dos Usuários pela Reforma Psiquiátrica Antimanicomial” realizada dia 30 de Setembro de 2009 em Brasília. Outro aspecto relevante apontado pelos usuários durante a Marcha foi a defesa radical pela consolidação do Sistema Único de Saúde, conquista histórica do Movimento Sanitarista Brasileiro.

Propomos ainda que a IV Conferencia Nacional de Saúde Mental:
· Efetive a Reforma Psiquiátrica Antimanicomial e consolide o modelo de atenção à saúde mental na lógica dos serviços comunitários de base territorial;
· Seja convocada intersetorialmente;
· Seja convocada impreterivelmente na próxima plenária do Conselho Nacional de Saúde em 11 de Novembro de 2009, afim de garantir sua realização até junho de 2010.

POR UMA REFORMA PSIQUIÁTRICA ANTIMANICOMIAL

Olinda, 02 de novembro de 2009

Durante o IX Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva o Presidente Lula se sensibilizou com as propostas contrárias ao Ato Médico.


Programação da Marcha em Brasília

23/09/2009

Manhã

9h – Concentração no gramado em frente ao Museu Nacional da República (primeiro quadrante da Esplanada)
10h – Atividades culturais, pronunciamentos e falas das delegações. Reunião na tenda com representantes das delegações para preparar articulações e contatos.
Tarde
12h30 – Almoço no local da concentraçãoVista essa Camisa
13h – Shows com Trem Tan-Tan (MG), Harmonia Enlouquece (RJ)
14h – Saída da Marcha em direção à Praça dos Três Poderes
 
Tenda Cultural – Exposição de fotografias dos 22 anos de luta antimanicomial, imagens do Prêmio Bispo do Rosário (CRP06 – São Paulo), cartazes da luta antimanicomial, fotos das blitz realizadas em manicômios. Exposição de produções e venda de dois livros. Exposição de produtos de 30 projetos de trabalho ligados à Rede de Saúde Mental e Economia Solidária (artesanato, camisetas, marchetaria, bolsas, colares etc)
 
Alimentação – Ao longo do dia, os participantes receberão água e cinco refeições: café da manhã, lanche, almoço, lanche da tarde e jantar que será entregue na saída dos ônibus.
Maiores informações: Na página da Marcha (clique aqui)

O processo de mobilização e organização do ônibus para a Marcha dos Usuários em Brasília

23/09/2009

A Rede de Saúde Mental e Economia Solidária vem desenvolvendo um amplo processo de mobilização para ir a Marcha dos Usuários dia 30 de setembro em Brasília, junto aos projetos/ empreendimentos de trabalho e renda da saúde mental, bem como, usuários de CAPS, CECCOs e demais equipamentos e associações do campo da Reforma Psiquiátrica.

Esse processo de mobilização culminou em mais de 120 inscrições de diversas partes do Estado de São Paulo, com forte presença dos usuários.

Em reunião tirou-se os seguintes critérios para a escolha dos representantes para ir no ônibus:

a)    Preferencialmente usuários de saúde mental;Rede de Saúde Mental e ECOSOL

b)    Diversidade de regiões do Estado;

c)    Diversificação de Projetos, movimentos e/ou entidades; 

A Rede conseguiu um ônibus, através do apoio do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo e do Sindicato dos Psicólogos, com 44 vagas.

Considerando que só recebemos esses apoios, diversas pessoas, entidades, associações não puderam ir e dessa forma, tiramos que as 44 pessoas que vão serão representantes de todos os projetos/ empreendimentos de trabalho que compõem a Rede de Saúde Mental e ECOSOL.

São eles:

Amigos da Arte – CAPS II Pirituba, Associação de Usuários, Familiares e Trabalhadores da Saúde Mental de Suzano, Bar Bibi-Tantã, Bar Saci (Associação Vida em Ação), CAPS AD São Mateus, Carinho Feito a Mão, Cobra Criada, Espaço Arteviver – CAPS II Pirituba/Jaraguá, Grupo Reviver – Zona Leste/Ermelino Matarazzo, Livraria Arca do Visconde, Mão na Arte, Núcleo de Oficinas Terapêuticas e de Trabalho do Centro de Atenção Integral à Saúde de Santa Rita do Passa Quatro, Núcleo de Trabalho – AASMER (Associação de Atenção Saúde Mental Embu e Região), Oficina de Artesanato – CECCO Bacuri, Oficina de Culinária – CECCO Bacuri, Oficina de Mosaico – CECCO Bacuri, Ponto de Encontro, Projeto Gera Ação, Recriart, Rede Prosol – Cecco Santo Amaro, Projeto Tear, Oficina dos anjos (Associação Franco Basaglia – AFB), Fotocopiadora (AFB), Café da gente: lanchonete (AFB), Sebo, Marcenaria, Dasdoida – oficina de moda e oficina de silk, brechó (AFB) Projeto office boy (AFB), Projeto de reciclagem (AFB).

A representação dos serviços, entidades e de associações que irão no ônibus:

Associação Vida em Ação, Associação Franco Basaglia, AASMER (Embu das Artes e região), “ONG Amigos da Mancha” (Paraisópolis/ SP), Conselho Regional de Psicologia/SP, Associação Paulo Delgado de Saúde Mental de Taubaté, Caps butantã, Caps Unifesp, Caps Lapa, Centro de Convivência de Embu Conviver, CAPS II Embu das Artes, CAPS Itapeva, CECCO Santo Amaro, Rede PROSOL, Sindicato dos Psicólogos do Estado de São Paulo, Fórum Paulista de Economia Solidária, CAPS Arco Íris (Guarulhos), CECCO Parque Raul Seixas (Itaquera), CECCO Campo Limpo, Residência Terapêutica Pirituba I, CAPS II Pirituba-Jaraguá e CAPS III Itaim Bibi.


Fórum Paulista de ECOSOL apóia a Marcha em Brasília

20/09/2009

Nota de Apoio

FPES

O Fórum Paulista de Economia Solidária manifesta sua solidariedade e apóia o processo de organização e mobilização para a Marcha em Defesa do SUS e de uma Reforma Psiquiátrica antimanicomial, que se realizará em Brasília, no dia 30 de setembro de 2009.

Defendemos as reivindicações apresentadas pela Marcha:

  • Defender o Sistema Único de Saúde (SUS) ressaltando o papel fundamental que o Sistema tem na Reforma Psiquiátrica Antimanicomial, que é oferecer estrutura adequada e melhores condições de atendimento para tratamento de portadores de sofrimento mental.
  • Defender o cumprimento da Lei da Reforma Psiquiátrica (10.216/01)
  • Reivindicar a realização da IV Conferência Nacional de Saúde Mental (9 anos após a III, realizada em 2001), que tem a importância de discutir passos fundamentais para o avanço da Reforma Psiquiátrica Antimanicomial, além de estabelecer novos marcos para profissionais da área e portadores de transtornos mentais, que estão cada dia mais atuantes socialmente. 
  • Exigir a efetiva implantação do “Programa de Volta para Casa”, criado pelo Ministério da Saúde em 2003 com o objetivo de reintegrar socialmente pessoas com transtornos mentais que passaram por longas internações. O programa dispõe também de um auxílio financeiro para o beneficiário ou seu representante legal.

Destacamos a defesa das propostas levadas pela Rede de Saúde Mental e Economia Solidária do Estado de São Paulo, que defende:

 1. Aprovação de uma Nova Legislação de Cooperativismo Social;

2. Apoio a organização de Feiras de Saúde Mental e Economia Solidária (no âmbito do Programa Nacional de Comercialização Solidária (IMS/SENAES/MTE);

3. Apoio e Fomento como uma estratégia nacional de atividades de formação em empreendedorismo, comércio justo e solidário e cooperativismo social, em parceria com as Universidades, tendo como público não só técnicos, mas também usuários da Rede de Saúde Mental;

4. Inclusão no Programa Brasil Local (SENAES/MTE), de agentes de desenvolvimento local, que possam acompanhar e fomentar os projetos de trabalho (empreendimentos) da saúde mental;

Todos a Marcha em Brasília!!!

Fórum Paulista de Economia Solidária


Fórum de ECOSOL do Norte Catarinense apóia a Marcha a Brasília

16/09/2009

fórum ECOSOL norte catarinenseCarta de apoio

O Fórum de Economia Solidária do Norte Catarinense vem por meio desta, declarar seu apoio a Marcha dos Usuários a Brasília – Por uma Reforma Psiquiátrica Antimanicomial que ocorrerá dia 30 de setembro do corrente ano.

Temos em nossa região a atuação do Núcleo Antimanicomial de Joinville Nise da Silveira o qual tem nosso apoio, e reforçamos o importante papel que o núcleo desenvolve em Joinville.

Entendemos que somente poderemos ter um mundo melhor quando todos e todas estiverem realmente incluídos na sociedade sem distinção de classe e preconceitos.

Declaramos total apoio às propostas levantadas pelo Fórum dos Usuários, Familiares e Associações de Saúde Mental de Santa Catarina no encontro realizado no dia 01/08/09 – ALESC – Florianópolis.

Joinville, 15 de setembro de 2009

Paulo Dalfovo Neto

Representante do Fórum de

Economia Solidária do Norte Catarinense