I Feira de Saúde Mental e ECOSOL: Supera todas as expectativas!

30/05/2009

Abertura Feira - Cordão BibiTantã

A I Feira começou com a Dra. Ana Luisa Aranha e Silva e Dra. Sônia Barros entregando os 58 Certificados do Curso de Multiplicadores em Saúde Mental e ECOSOL. Logo após se realizou o ato de lançamento da Moeda Social QUALQUER, onde Sebastião (Projeto Tear) falou sobre o processo de escolha de nossa Moeda, afirmando que nossa Feira é composta de QUALQUER pessoa, sem discriminação e com muita diversidade.

Após o lançamento da Moeda QUALQUER o Cordão Carnavalesco BibiTantã deu início a tarde de apresentações culturais e celebração da Semana da Luta Antimanicomial. Durante todo o dia e começo da noite a cultura e a diversidade foram celebradas, através do grupo Luis Groove, da apresentação da banda King Rassan, do DJ Nenê, da Dança Cigana do CECCO Bacuri e da Ala Loucos pela X, que fechou o evento com muito samba no pé e grandes alegorias. Circularam pela Feira um público estimado em 500 pessoas, entre o público da saúde mental e transeunstes da região da EEUSP.

A I Feira de Saúde Mental e ECOSOL superou todas as expectativas; ainda mais quando tivemos que mudar o local pelo crescimento de inscrições dos projetos de trabalho e renda. Em nossa lista de emails as manifestações de sucesso e disposição para realizar outras Feiras foram a tônica nesses dias que sucederam a realização da Feira.

A I Feira teve um forte protagonismo dos trabalhadores que são usuários da Rede de Saúde Mental do Estado de São Paulo; mostrando o acerto da Rede em focar sua organização nos projetos de trabalho e renda, organizados coletivamente entre usuários, familiares e técnicos da saúde mental.

O fluxo econômico diferenciado que circulou na I Feira foi uma outra surpresa, girando Q$ 6000,00, o que nos mostrou a potencialidade para a realização de Feiras e outras iniciativas de comercialização em REDE.

Agradecemos os parceiros que acreditaram na Rede de Saúde Mental e ECOSOL: CRP-SP, Secretaria Estadual de Saúde, Escola de Enfermagem da USP, Associação Vida em Ação, Associação Franco Basaglia, Fórum Paulista de ECOSOL. Também agradecemos o incentivo aos projetos das prefeituras de Santana do Parnaíba, Embú das Artes, São Carlos, Santa Rita do Passa Quatro e Suzano que disponibilizaram transporte para a locomoção dos projetos de geração de trabalho e renda.

Albúns de Fotos I Feira de Saúde Mental e ECOSOL


QUALQUER SE FORTALECE NA I FEIRA DE SAÚDE MENTAL E ECOSOL

30/05/2009

QUALQUER

Foi com muita alegria que o QUALQUER começou sua circulação na I Feira, onde a cultura e a diversidade foram celebradas plenamente.

Para a surpresa boa de todos e todas o QUALQUER fez o maior sucesso, tendo sido circulado durante toda a Feira Q$ 6000,00. Superando assim, os mais otimistas!

Agora é avançar no desenvolvimento de processos coletivos de comercialização e consumo e Fortalecer nossa Moeda Social QUALQUER!


Repercussão da I Feira de Saúde Mental e Economia Solidária

30/05/2009

A I Feira de Saúde Mental e ECOSOL foi o maior sucesso, conseguindo superar todas as expectativas de todas e todos os mebros da Rede de Saúde Mental e Economia Solidária do Estado de São Paulo. Foram mais de 500 pessoas que durante todo o dia circularam  na I Feira e consumiram conscientemente através da Moeda Social QUALQUER, Q$ 6.000,00.

A nossa I Feira teve repercussão em diversos meios de comunicação, em blogs, páginas eletrônicas de entidades, movimentos sociais e sindical, prefeituras e no Guia da Folha. Abaixo segue os links para as páginas e blogs que divulgaram nossa I Feira de Saúde Mental e ECOSOL.

Agradedemos a divulgação!

Guia da Folha

Blog Em busca de Sistemas Monetários Sustentáveis

Blog do Rogelio Casado

Blog Juventude Solidária

FACES do Brasil (Plataforma Nacional do Comércio Justo e Solidário)

Fórum Brasileiro de ECOSOL

Rede Nacional de Empreendimentos de Saúde Mental (COOPE-RJ)

Mídia Independente

Prefeitura Municipal de Suzano

CUT Nacional

Prefeitura Municipal de Embú das Artes

Projetos Terapêuticos

Blog O Bar Saci

Blog Radial 117

Brasil Autogestionário

SINDSAUDE

Conselho Regional de Psicologia/SP

Blog Mirada Anterior

Blog Paladar de Palavra


I Prêmio Cultural Loucos pela Diversidade

26/05/2009

Loucos pela DiversidadeO Ministério da Cultura, representado pela Secretaria da Identidade e da Diversidade Cultural, em parceria com o Ministério da Saúde, representado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), por meio do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Saúde Mental (LAPS) e a Caixa Econômica Federal (CEF) publicaram no Diário Oficial da União (DOU) o edital do I Prêmio Cultural Loucos pela Diversidade 2009 – Edição Austregésilo Carrano.

O lançamento da premiação foi anunciado na tarde dessa quinta-feira, 21 de maio, na cidade mineira de Betim, no Auditório do Centro Administrativo. O anúncio fez parte do debate Loucura e Cultura da Semana da Luta Antimanicomial realizada na cidade, que neste ano tem como tema ‘Inclusão e Diver-Cidade’. Representando o MinC, participou do evento a coordenadora de Cultura e Saúde, da SID/MinC, Patrícia Dorneles.

Serão premiadas 55 iniciativas, divididas entre quatro categorias. A primeira destinará sete prêmios para instituições públicas que atuam na interface Saúde Mental e Cultura; na segunda oito prêmios serão destinados para organizações da sociedade civil, instituições privadas, entidades e associações sem fins lucrativos. A terceira categoria reservará 20 prêmios a grupos de pessoas sem vínculo institucional que tenham ou tenham tido vínculo como usuários de instituições ou serviços de saúde mental que desenvolvam atividades artístico-culturais. As 20 premiações restantes serão destinadas para pessoas em sofrimento psíquico que tenham ou tiveram vínculo com instituições ou serviços de saúde mental que desenvolvam atividades artístico-culturais individualmente. Nas categorias em que a premiação será destinada a instituições ou grupos de pessoas o valor será de R$ 15 mil, já para o prêmio individual o repasse será de R$ 7,5 mil. Cada candidato poderá inscrever-se em somente uma categoria e com até três iniciativas artísticas culturais. Segundo os organizadores, o edital tem como objetivos promover uma nova visão de política cultural e da política de saúde mental onde o respeito à identidade e à diversidade constroem um país mais democrático no sentido de incluir, socializar, descentralizar e potencializar a todos o direito à criação e à produção cultural. E, também, promover e garantir o protagonismo das pessoas em sofrimento psíquico na construção das políticas públicas de cultura, na criação e produção cultural, entre outro que promovam a inclusão, a emancipação, a autonomia e o direito à cidadania de indivíduos em sofrimento psíquico. O processo que culminou no lançamento da premiação teve início em 2007 quando a SID/MinC e a Fiocruz realizaram a Oficina Loucos pela Diversidade, com o objetivo de construir ações e diretrizes para as políticas públicas de cultura. Além desse edital, a iniciativa resultou em publicação com o mesmo nome, a qual já teve distribuídos mais de três mil exemplares em diversos eventos de âmbito nacional e internacional.

Os formulários, o edital e seus anexos são encontrados na página do Ministério da Cultura (clique aqui)


Moeda Social: QUALQUER será lançada na I Feira de Saúde Mental e ECOSOL

19/05/2009

1 Qualquer

No dia 23 de maio (sábado) durante a I Feira de Saúde Mental e Economia Solidária será lançada a Moeda Social QUALQUER, resultado de um processo de discussões e propostas feitas pelos usuários e técnicos da Rede de Saúde Mental.

O processo de escolha do nome da Moeda demorou mais de dois meses, tendo sido propostas também os seguintes nomes: Zumbi, qualquer, saci, amor, afecto, lero, gentileza, trampo, troco, igualdade, sol, rei, imperador, moitará, saci, saciloko, biruta, moringa, triunfo, viasampa, treze, pinel, eclipse.

A escolha do nome foi realizado no último dia do Curso de Formação de Multiplicadores de Saúde Mental e Economia Solidária (EEUSP). A partir de uma dinâmica onde cada proposta de nome foi defendida apresentando seus argumentos,  no final do processo duas propostas ficaram: Tantã e Qualquer. E coletivamente foi decidido que o melhor nome para a Moeda Social da Rede de Saúde Mental e Economia Solidária é o QUALQUER.

QUALQUER é sempre utilizado como uma pessoa sem valor e invísivel socialmente.Nesse sentido, os usuários de saúde mental, como catadores, moradores em situação de rua, e demais segmentos sociais, onde a invisibilidade social e o preconceito são marcantes, são tratados com um QUALQUER. Viemos a partir da escolha do nome QUALQUER afirmar, que todas e todos os seres humanos tem VALOR e mereçem ter reconhecimento social, pelo que produzem e criam. Além disso, queremos afirmar que a construção de nossa Feira e de nossa REDE é feita de QUALQUER pessoa que queira construir uma sociedade solidária, justa e  sem moradores em manicômios.

MOEDAS QUALQUER

Venha participar de nossa I Feira de Saúde Mental e Economia Solidária e contribua na construção de nossa Moeda Social – QUALQUER. Consuma os produtos e serviços dos Projetos e Empreendimentos Solidários da Saúde Mental do Estado de São Paulo!


Roda de Conversa em Guarulhos: Saúde Mental e Economia Solidária

17/05/2009

1 Semana Guarulhense de Saúde MentalNo dia 21 de Maio (quinta-feira) a Universidade de Guarulhos (UNG) irá receber a Mesa de Abertura “A Atualidade da Luta Antimanicomial em nosso país”, a partir das 9h.

A Roda de Conversa “Saúde Mental e a Economia Solidária: uma relação necessária”, ocorrerá das 11h as 13hs.

Local: Praça Tereza Cristina, 1 (Centro/ Guarulhos).

Inscrições e Informações: 2472 – 5014/5008

email: saudementalguarulhos@gmail.com

Programação Completa na página da Prefeitura de Guarulhos

A I Feira de Saúde Mental e ECOSOL, que ocorrerá dia 23 de Maio, contará com a participação do Projeto Tear e do Grupo de Linhas (CAPS Arco Íris), ambos de Guarulhos.

A Semana da Luta Antimanicomial de Joinvile (Santa Catarina) também terá uma Feira de Saúde Mental e Economia Solidária. (Veja a programação completa)


REDE DE SAÚDE MENTAL E ECOSOL PARTICIPA DE MESA REDONDA NO CAPS LAPA

17/05/2009

CAPS de Portas Abertas: Saúde e Cidadania (CAPS LAPA)CAPS LAPA

 Data: 18 de maio – Dia Nacional da Luta Antimanicomial

 Programação:

 9 horas:  Abertura

Vivência Coletiva com o Grupo de Consciência Corporal do CAPS.

 10 horas: Mesa Redonda

Tema: Parceria entre usuários, familiares e comunidade nos projetos de inserção no trabalho

Participantes: CAPS Lapa Adulto, Associação Apia, Associação Bem Viver e  Rede de Saúde Mental e Economia Solidária.

 12 horas: Lanche coletivo.

13 horas:  Filme

Apresentação de filme criado no Grupo de Imaginação do CAPS Lapa Adulto.

14 horas: Mesa Redonda

Tema : Saúde Mental e Controle Social

Participantes: Assessoria da Supervisão Técnica de Saúde para questões de Conselho Gestor e Fórum da Luta Antimanicomial.

 16 horas: Apresentação Artística e Cultural na rua Roma.

Durante todo o dia haverá uma mostra da produção realizada pelos usuários dos grupos do CAPS Lapa Adulto e da APIA.

 A Sub-prefeita Soninha Francine estará prestigiando nosso evento com sua presença.

 Endereço: Rua Roma, 446. Telefone:36755648

capslapaadulto@terra.com.br

Conheça o Fotolog do CAPS Lapa