Stand da Rede na IV Conferência Nacional de Saúde Mental

30/06/2010

A IV Conferência de Saúde Mental – Intersetorial, esta acontecendo em Brasília, nos dias 27 de junho e 1º de julho, tem como parceiros a Secretaria Especial de Direitos Humanos, o Ministério do Desenvolvimento Social, o Ministério da Justiça, o Ministério da Cultura, o Ministério da Educação e o Ministério do Trabalho.

A Rede de Saúde Mental e ECOSOL esta presente defendendo a Reforma Psiquiátrica Antimanicomial, o SUS e as propostas do cooperativismo social e da economia solidária. A Rede também participa com um stand apresentando a pluralidade dos diversos produtos e ações dos projetos e empreendimentos que a compõe.

Veja as fotos da Rede na IV Conferência Nacional de Saúde Mental

Anúncios

Rede de Saúde Mental e ECOSOL terá Stand na IV Conferência Nacional de Saúde Mental

25/06/2010

A Rede de Saúde Mental e ECOSOL que organizou um ônibus para a Marcha dos Usuários em Brasília, que conquistou através da mobilização a IV Conferência Nacional de Saude Mental terá um stand de exposição dos produtos dos diversos projetos/empreendimentos que a compõem. O Stand esta sendo organizado pela Loja da Casa do Saci e pela Lily do empreendimento Dito e Feito.

A Rede de Saúde Mental e ECOSOL também esteve na II Conferência Nacional de ECOSOL, com 07 delegados defendendo as propostas tiradas na Conferência Temática de Cooperativismo Social.

Na próxima semana colocaremos as fotos de nosso Stand.


Reunião da Rede de Saúde Mental e ECOSOL

15/06/2010

Pautas:

1. Avaliação da III Feira de Saúde Mental e ECOSOL;

2. Feira da Copa da Inclusão;

3. Stand da Rede/ Casa do Saci na Conferência Nacional de Saúde Mental.

Local: Conselho Regional de Psicologia 6ª Região – CRP SP
Rua Arruda Alvim, 89 – Jd. América

Horário: 14hs


Vozes da Voz: Clima de alegria e militância envolvem III Feira de Saúde Mental e ECOSOL

11/06/2010

A página do Vozes da Voz (que recentemente fez um vídeo sobre a Luta Antimanicomial) publicou uma matéria sobre a III Feira de Saúde Mental e ECOSOL. http://vozesdavoz.wordpress.com/

Clima de alegria e militância envolvem III Feira de Saúde Mental e ECOSOL

Dentre as celebrações do mês da Luta Antimanicomial, aconteceu a III Feira de Saúde Mental e Economia Solidária que no dia 29 de maio, na Escola de Enfermagem da USP.

O evento foi organizado pela Rede de Saúde Mental e Economia Solidária e reuniu pessoas de diversos CAPS, CECCOS, associações e outras entidades totalizando 48 projetos, de 18 municípios do estado de São Paulo. A Feira durou 4h30 e contou com a presença de cerca de 500 pessoas, que fizeram circular Q$ 7.500,00 ( Qualquer que é equivalente ao Real).

Na III Feira, um dos delegados à II Conferência Nacional de ECOSOL, Carlos do CAPS Lapa, leu a Carta dos Projetos/ Empreendimentos da Saúde Mental. A Carta revoga o fomento aos Projetos de Empreendimentos de Trabalho; desenvolvimento de ações de formação e capacitação; comercialização de produtos, além da regulamentação das Cooperativas Sociais. “Recentemente, estivemos em Brasília, na Conferência Temática de Cooperativismo Social, cobrando do governo federal as propostas que levamos durante a Marcha dos Usuários”, informou Leonardo Pinho, assessor técnico da Rede de Saúde Mental e ECOSOL, em relação a militância da entidade na tentativa de conseguir a regulamentação.

O trabalho não maquínico e o aproveitamento do potencial de cada indivíduo são os principais objetivos do evento. Segundo Raquel Castro, usuária do CAPS Diadema e militante do movimento da Luta Antimanicomial; “A Feira vem para humanizar pessoas que foram excluídas. Não é porque somos diferentes que nos tornamos inúteis. Além da prática do trabalho, oferece um ambiente leve e divertido, com boa música e pessoas alegres”.

A Feira de Saúde Mental e Economia Solidária teve sua 1ª edição no mesmo mês do ano passado e conseguiu estabelecer dois eventos por ano. “A III Feira mostrou o crescimento dos projetos/empreendimentos de trabalho que buscam se organizar coletivamente para superar as limitações e ampliar suas possibilidades”, disse Leonardo. E sobre a forma alternativa de trabalho que é praticada no projeto ele completa: “Se o usuário está em uma atividade de trabalho, o mesmo deve ser visto como um trabalhador que deve lutar para garantir e ampliar seus direitos sociais e econômicos”.

A próxima Feira ocorrerá no segundo semestre e a expectativa da Rede é de crescimento e mais visibilidade: “A minha perspectiva é que a IV Feira possa ampliar sua dimensão, organizando uma programação cultural com maior apelo de público, para que possamos levar para mais pessoas os valores, princípios e idéias da Luta Antimanicomial e da Economia Solidária”, disse o assessor técnico.

 Por Rafaela Uchoa

 *** Em breve disponibilizaremos a cobertura visual do evento.

 

Por Cecília de Oliveira

Relatório Final da Conferência Temática de Cooperativismo Social

09/06/2010

A Rede de Saúde Mental e ECOSOL participou da Conferência Temática de Cooperativismo Social, cobrando do governo federal as propostas apresentadas durante a Marcha dos Usuários. Infelizmente, a SENAES/MTE não conseguiu até a realização da Conferência Temática articular no governo federal a regulamentação da lei de cooperativismo social, grande demanda dos usuários de saúde mental na area de inserção no trabalho.

A Rede conseguiu incluir todas as suas propostas, bem como, foi parte ativa na relação entre a saúde mental e ecosol, conseguindo garantir o compromisso de todos os segmentos presentes para a aprovação do Sistema Nacional do Comércio Justo e Solidário, um importante instrumento no fortalecimento e reconhecimento dos produtos e serviços do Comércio Justo e Solidário brasileiro.

Durante a II Conferência Nacional de ECOSOL os 7 delegados nacionais que fazem parte da Rede de Saúde Mental e ECOSOL irão apresentar e defender as propostas aprovadas durante a Conferência Temática de Cooperativismo Social.

Relatório Conferência Tematica de Cooperativismo Social