I Festival Novos Talentos

29/11/2010

Não perca dia 04 de dezembro (sábado) o I Festival de Novos Talentos que terá exposição à comunidade de trabalhos artísticos e artesanais realizados por pessoas que participam da rede de saúde mental e economia solidária da região Lapa/Pinheiros (Projeto “Carinho Feito à mão”  /CAPS Lapa , Núcleo de trabalho Gera Renda/Associação Anima-CAPS Perdizes, CAPS ad II Vila Madalena-PROSAM e CECCO Bacuri).  Concomitantemente, haverá apresentações de música, danças, filmes, poesias e outras manifestações culturais.

Venha participar e se divertir, sua presença será muito importante para todos nós!

Local: Cecco Bacuri –  Av. Sumaré 67, Perdizes, São Paulo

Programação

10:00 horas – abertura

  • 10:10 horas – Leitor José de Souza Pinto Jr
  • 10:30 horas – Recital de Violão
  • 11:00 horas – Amistoso de Futebol e Sessão de Cinema
  • 13:00 horas – Sarau Literário
  • 14:00 horas – Dança Circular
  • 14:30 horas – Apresentação da Dança Cigana do Cecco Bacuri
  • 15:00horas –  Apresentação do Grupo de Música Mosaico – Cecco Bacuri
  • 15:30 horas – Amistoso de Vôlei e Sessão de Cinema
  • 16:00 horas – Roda de Música popular e natalina

 Aproveitem as nossas idéias para incrementar suas Festas de Final de Ano.

ENTRADA FRANCA

Blog do CECCO Bacuri: http://ececcobacuri.blogspot.com/


Feira de Natal – IV Feira de Saúde Mental e ECOSOL

26/11/2010

A Rede de Saúde Mental e ECOSOL realiza a IV Feira de Saúde Mental e ECOSOL no último sabádo antes do Natal, dia 18 de dezembro.

Nesse Natal presenteie seus familiares, amigos, namoradas (os) com produtos de empreendimentos/ projetos da economia solidária. Faça um consumo consciente e fortaleça o Comércio Justo e Solidário.

Ajude a divulgar nossa Feira de NATAL!!

Clique na Imagem para ampliar o Cartaz


Rede de ECOSOL na Zona Sul

24/11/2010

Os empreendimentos/projetos da saúde mental que participam da Rede de Saúde Mental e ECOSOL, estão desenvolvendo a REDE de ECOSOL na Zona Sul de São Paulo.

Conheça a página eletrônica da Rede ECOSOL Zona Sul um espaço de troca de informações sobre feiras e atividades dos grupos de economia solidária da zona sul da cidade de São Paulo.

http://www.economiasolidariazonasul.blogspot.com/


Os desafios da inserção social no trabalho, na Câmara Municipal de Ribeirão Preto

23/11/2010

 A Presidente do Fórum Permanente de Discussão da Política de Atendimento em Saúde Mental no município de Ribeirão Preto, Vereadora Gláucia Berenice convida a todos e todas para reunião a ser realizada no dia 26/11/2010 (sexta-feira) as 14:00 hs no Salão Nobre, da Câmara Municipal de Ribeirão Preto, onde o Coordenador de Economia Solidária – Secretaria Municipal de Trabalho e Renda da Prefeitura Municipal de Campinas, Assessor da Rede de Saúde Mental e Economia Solidária Estadual, Leonardo Pinho ministrará a palestra “ Os desafios da inserção social no trabalho”.

Participem!!

Veja também:

Vereadora Glaucia Berenice participa do Seminário de Cooperativismo Social, em Campinas


Fotos e Moções – Seminário Reflexões sobre as Diferentes Experiências de Cooperativismo Social

19/11/2010

A Rede de Saúde Mental e ECOSOL apoiou no dia 11 de novembro, em Campinas, a realização do Seminário sobre as Diferentes Experiências de Cooperativismo Social.

O Seminário contou com a presença com 132 pessoas e 18 munícipios do Estado de São Paulo. As mesas contaram com a contribuição de: Sebastião Arcanjo (Secretario Municipal de Trabalho e Renda), Dr Pedro Gabriel Delgado (Coordenador Nacional de Saúde Mental – Ministério da Saúde), Adail Rollo (Diretor de Saúde – Secretaria Municipal de Saúde), Dr. Marcelo Mauad (Assessor Juridíco da UNISOL Brasil) Dr. Jorge Broide (psicanalista, Pós Graduação UNIBAN), Dra Fernanda Nicacio (USP), Lucia Maria Bertini (Coordenadora Técnica do PRONASCI/ Fortaleza) e de Leonardo Pinho (Coordenador de Economia Solidária – Secretaria Municipal de Trabalho e Renda).

A Sistematização dos Grupos de Trabalho serão disponibilizadas posteriormente.

Apresentação Dr Marcelo Mauad (clique aqui) assessor jurídico da UNISOL Brasil

Fotos do Seminário: http://www.flickr.com/photos/saudeecosol/sets/72157625426116512/

Moções Seminario Coop Social Campinas

Matéria publicada na Página Eletrônica da Prefeitura Municipal de Campinas:

http://www.campinas.sp.gov.br/noticias-integra.php?id=4061

Seminário sobre cooperativismo debate inclusão e economia

12/11/2010 – 12:08

 Ana Paula Meneghetti

Discutir, refletir e fortalecer a proposta de Regulamentação da Lei de Cooperativas Sociais do País, este foi o principal objetivo do Seminário “Reflexões sobre as Diferentes Experiências de Cooperativismo Social”, que aconteceu na tarde de ontem, quinta-feira, dia 11 de novembro, das 8h às 17h.

O Seminário, promovido pela Secretaria de Trabalho e Renda, por meio da Coordenadoria de Economia Solidária, é uma extensão da II Conferência Nacional de Economia Solidária (II Conaes), da IV Conferência Nacional de Saúde Mental Intersetorial e da Conferencia Temática de Cooperativismo Social, realizadas durante este ano.

As iniciativas de cooperativismo social são empreendimentos formados por pessoas em situação de desvantagem por condições físicas, mentais e situações sociais específicas, e têm como foco promover a inclusão social e ampliar a participação dessas pessoas no mercado de trabalho.

“Este evento tem como finalidade reunir os setores responsáveis pelo sistema de saúde mental e deficiência física, sistema prisional de egressos e reeducandos e dos adolescentes em conflito com a lei, para discutir as trocas de experiências e, assim, levantar propostas que vigorem na regulamentação da Lei de Cooperativas Sociais, de 1999”, declarou o Coordenador de Economia Solidária, da Secretaria Municipal de Trabalho e Renda, Leonardo Pinho.

O Coordenador Nacional de Saúde Mental do Ministério da Saúde, Pedro Gabriel Delgado, lembrou que o Seminário possibilita a contribuição das pessoas que estão inseridas nessas experiências para que se possa levar uma moção de Campinas até Brasília. “Essa legislação de 1999 é insuficiente, pois limita a ação das cooperativas”, disse Delagado.

O psicanalista, autor de livros sobre Adolescência em Conflito com a Lei, Jorge Broide, trabalha há dois anos com a iniciativa do cooperativismo social dentro do Centro de Orientação ao Adolescente de Campinas (COMEC). O primeiro passo é a formação de um grupo junto aos adolescentes, que estão cumprindo medidas sócio-educativas, para que exponham sua situação de vida e, a partir disso, tentem encontrar um nicho de mercado no qual queiram se capacitar profissionalmente.

A função desse grupo é fazer com que os adolescentes relacionem a questão do trabalho com a sua própria vida, desenvolvendo um empreendimento de economia solidária de autogestão. A idéia é que a iniciativa do cooperativismo social possa se constituir em uma política pública”, afirmou Broide.

Segundo Delgado, os movimentos de economia solidária são considerados fortes no Estado de São Paulo, já que estão registradas 429 iniciativas de inclusão por meio do trabalho e de ações culturais. “É um número muito significante para o Estado, porém se comparado à extensão territorial do Brasil, torna-se pequeno. Daí a necessidade de realizar esses movimentos que garantem sustentabilidade econômica”, apontou.

O encerramento do Seminário aconteceu, às 17h, com uma síntese e reflexão sobre os rumos do Cooperativismo Social, feitas em conjunto pelos participantes Pedro Gabriel Delgado, e Jorge Broide. Diante das reflexões, Delgado fez dois importantes encaminhamentos: o compromisso de construir um grupo de trabalho interministerial junto à sociedade civil para a regulamentação da Lei e ressaltou a importância das iniciativas do cooperativismo social serem consolidadas como políticas públicas em relação à população em situação de rua e aos usuários de álcool e drogas.

As propostas serão negociadas, por intermédio do Coordenador Nacional de Saúde Mental, no governo federal e encaminhadas ao Ministério da Saúde e do Trabalho. Além disso, também se propôs a fazer a interface com a questão do trabalho e renda nas entidades, que atendem pessoas com deficiência física ou mental, do Município.

O Evento contou com o apoio do Ministério da Saúde, por meio da Coordenação Nacional de Saúde Mental, do Centro de Orientação ao Adolescente de Campinas (COMEC), da Rede de Saúde Mental e Economia Solidária e da Universidade Bandeirante de São Paulo (UNIBAN – Pós-graduação).


IMPORTANTE: Reunião da Rede – IV Feira de Saúde Mental e ECOSOL

13/11/2010

Dia: 18 de Novembro – (quinta-feira)

Horário: 09h

Local: Conselho Regional de Psicologia – R. Arruda Alvim, 96 (ao lado do Metrô Clinicas)

PAUTA:

1. IV Feira de Saúde Mental e ECOSOL (FEIRA de NATAL), 18 de Dezembro

(Fechar Local, Dúvidas na Inscrição, Edital do Programa de Comercialização Solidária, Divulgação e Organização do dia da Feira)

Mandem representantes dos serviços e projetos/empreendimentos!!


CONFIRMAÇÃO INSCRIÇÕES SEMINÁRIO COOPERATIVISMO SOCIAL

08/11/2010

Todos os inscritos para o Seminário Reflexões sobre as Diferentes Experiências de Cooperativismo Social estão contemplados.

Programação Final: