ECONOMIA SOLIDÁRIA DINAMIZA A RENDA EM CAMPINAS

Veja a Página da 2. Mostra Nacional de Práticas em Psicologia (clique aqui)

Projeto promove inclusão social de usuários de saúde e da comunidade por meio da culinária

Inclusão social por meio do trabalho e geração de renda. Este é o foco do projeto Clube dos Sabores, que reúne usuários de saúde, saúde mental e pessoas com alto grau de vulnerabilidade social nas regiões sudoeste e noroeste de Campinas, interior de São Paulo. O
grupo participa de feiras-livres e eventos da região vendendo pastéis, refrigerantes e sucos.

A iniciativa começou em 2007 e envolve serviços públicos de saúde, como a Casa das Oficinas e o Centro de Convivência e Cooperação Tear das Artes. Além disso, utiliza os preceitos da economia solidária, incentivando a auto-gestão do trabalho e o cooperativismo. O projeto será um dos 5 mil apresentados durante a 2ª Mostra Nacional de Práticas em Psicologia, que acontece entre os dias 20 e 22 de setembro, no Anhembi, em São Paulo.

Para uma das coordenadoras do Clube dos Sabores, Mônica Krieck, terapeuta ocupacional, o trabalho deixa os usuários mais autônomos. “Eles conseguem tomar decisões a partir do próprio processo de trabalho, se organizando de forma consistente. Possuem espaço na comunidade, são reconhecidos”, revela. O grupo conta atualmente com cerca de 20 pessoas, entre usuários e representantes da comunidade.

Na visão de Krieck, a função da coordenadoria é a de facilitar as tarefas dessas comunidades, no sentido de promover uma reflexão em conjunto com eles em relação ao trabalho, com normas, regras e acordos construídos coletivamente. “A maioria tem dificuldade de inserção no mercado e a gente tenta fazer essa inclusão de forma diferente, ampliando a iniciativa, a autonomia, a reflexão crítica e o exercício do pensamento desses usuários”, diz.

Para ela, trata-se de um projeto inovador, que envolve serviços diferentes de contextos distintos de geração de renda. “As experiências realizadas apresentam como diretriz a visão de trabalho enquanto processo coletivo e solidário, como meio de criação e ação sobre o mundo, produção de vida e de cultura, possibilitando a expressão e a construção da identidade do sujeito, considerando sua subjetividade com os princípios da economia solidária”, pontua.

Um dos principais desafios do Clube dos Sabores é desconstruir o estigma da doença mental. Neste ponto, a coordenadora é bem enfática: “Através da superação de obstáculos estes sujeitos estarão preparados para trilharem sozinhos seus caminhos no mundo”.

Sobre a Mostra

A 2ª Mostra Nacional de Práticas em Psicologia marca o ápice das comemorações dos 50 anos da regulamentação da profissão no Brasil. Ao todo, já são mais de 20 mil inscritos em todo o País.

Será um evento rico em experiências, trocas e intercâmbios entre psicólogas, psicólogos e sociedade. A entrada é gratuita e as inscrições estão abertas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: